Doenças em países em desenvolvimento

Todos os anos milhões de pessoas nos países mais pobres do mundo
morrem de doenças infecciosas ou de problemas de saúde
considerados simples.

Estamos empenhados em mudar isso. Entretanto, será preciso mais do que pesquisar e lançar medicamentos. Reconhecemos que para alcançar resultados sustentáveis, precisamos de estratégias específicas. É por isso que nossa abordagem está baseada em cinco objetivos principais:

Focando nossas atividades de Pesquisa e Desenvolvimento nas necessidades dos países em desenvolvimento

Como parte do nosso compromisso de enfrentar os desafios das regiões em desenvolvimento, criamos um centro de pesquisa em Três Cantos, Espanha. Nele, pesquisadores concentram seus esforços na busca por soluções para doenças tropicais negligenciadas, malária e tuberculose. As decisões sobre que compostos devem ser priorizados são baseadas em aspectos específicos de cada sociedade e nos benefícios para a saúde pública dos países.

Sendo mais transparentes em nossos dados científicos e pesquisas

Em nossas pesquisas sobre malária e tuberculose, usamos a internet para compartilhar dados que podem nos levar a novos medicamentos e tratamentos. Pesquisadores do mundo inteiro têm colaborado para acelerar a identificação dos compostos mais adequados contra a malária em um banco de mais de 13500 itens. Tornamos públicos também outros 200 compostos identificados para o possível tratamento da tuberculose.

Formando parcerias com instituições que compartilham nossos valores

Abrimos nossas instalações do laboratório colaborativo de Três Cantos para pesquisadores, cientistas, universidades e ONGs de todo o mundo. Esses parceiros vêm ao laboratório e trabalham conosco dividindo experiências e conhecimentos.

Atualmente, mais de 100 cientistas estão trabalhando no laboratório de Três Cantos

Flexibilizando o preço de medicamentos e vacinas

Iniciamos um processo de flexibilização de preços que permite que nossos medicamentos e vacinas cheguem a pessoas que realmente precisam deles. É por isso que fomos eleitos por três vezes consecutivas a empresa farmacêutica que mais se empenha em aumentar o acesso a medicamentos em todo o mundo segundo o Access to Medicine Index.

Repensando a forma como recuperamos nosso investimento

O desenvolvimento de medicamentos como a vacina candidata RTS,S contra malária não possui mercado em países desenvolvidos. Por outro lado, os países que são afetados pela doença não teriam condições de arcar com valores integrais. É por isso que firmamos o compromisso de desenvolver uma vacina sem fins lucrativos, onde o pequeno retorno sobre o produto será reinvestido totalmente na pesquisa de novas gerações da vacina ou em outros tratamentos para as doenças do mundo em desenvolvimento.