Saúde para todos

Nossos medicamentos, vacinas e produtos de consumo têm
contribuído para melhorar a qualidade de vida de pacientes e
consumidores ao redor do mundo.

Mas milhões de pessoas ainda não têm acesso às vacinas e aos tratamentos de que necessitam – seja por que não podem comprá-los, seja por que eles não estão disponíveis.

Fazendo nosso papel no combate aos desafios da área de Saúde, temos trabalhado em iniciativas inovadoras para atender as necessidades médicas da população, desenvolvendo novos modelos de negócio, aumentando o acesso aos nossos produtos e colaborando para o fortalecimento da infraestrutura global de saúde.

Para saber mais sobre nossas iniciativas globais, acesse o site www.gsk.com.

Nossa atuação no Brasil

Como parte do compromisso da GSK de ampliar o acesso a medicamentos, em 2009, anunciamos uma nova política global de acesso. Com ela, colocamos em prática iniciativas que ampliam o acesso aos nossos medicamentos e vacinas, e também ao conhecimento científico.

Um dos primeiros países a adotar a nova política, o Brasil tem trabalhado na flexibilização dos preços de medicamentos, em políticas comerciais inovadoras, na transferências de tecnologia e no incentivo à pesquisa básica e ao desenvolvimento de pesquisadores locais. Entre os principais parceiros estão a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Nossos resultados incluem:

  • Flexibilização do preço de mais de dez produtos, incluindo medicamentos clássicos, patenteados e de alta tecnologia.
  • Transferência da tecnologia de vacinas para a Fiocruz, permitindo que o Governo brasileiro torne-se autossuficiente em sua produção – leia nossa história completa.
  • Criação do Centro de Excelência em Pesquisa Básica, uma parceria com a FAPESP que tem por objetivo estimular o avanço da pesquisa básica e o potencial desenvolvimento de fármacos que possam responder a necessidades médicas não atendidas.
  • Parceria entre o consórcio global Structural Genomics Consortium (SGC), do qual fazemos parte, FAPESP e Unicamp para criação do Centro de Biologia Química de Proteínas Quinases.
  • Criação do Centro de Excelência em Química Sustentável, mais uma parceria com a FAPESP, que busca desenvolver compostos químicos relevantes para a descoberta e o desenvolvimento de medicamentos.
  • Chamadas de proposta para bolsas de doutorado sanduíche (SWE) e pós-doutorado (PDE) no Reino Unido em parceria com o CNPq.