Nossa trajetória no Brasil

Há mais de 110 anos trabalhamos para transformar a saúde dos brasileiros.

Uma história de comprometimento com a vida

Há mais de 110 anos no Brasil, nossos funcionários, pesquisadores, cientistas e colaboradores buscam diariamente desenvolver medicamentos inovadores, vacinas e produtos de saúde  que farão diferença na vida de milhares de pessoas. Veja algumas das nossas conquistas abaixo.

Década de 1950

Introduzimos a substância clorpromazina, um antipsicótico que revolucionou o tratamento das doenças mentais e se tornou referência entre os medicamentos para o Sistema Nervoso Central (SNC).

No final da década, descobrimos o núcleo da penicilina 6APA, que permitiu a síntese de antibióticos semissintéticos capazes de atacar bactérias resistentes à penicilina orgânica.

Fechar

Década de 1970

Em 1972, desenvolvemos a amoxicilina, o antibiótico mais usado no mundo.

Em meados dos anos 70, introduzimos a cimetidina, o bloqueador H2 que mudou radicalmente o tratamento da úlcera péptica.

Fechar

Década de 1980

Lançamos a ranitidina, medicamento para o tratamento de doenças digestivas como a gastrite, o refluxo e a úlcera duodenal.

Desenvolvemos a zidovudina, ou AZT, o primeiro medicamento efetivo para tratar os pacientes com HIV/AIDS.

Fechar

Década de 1990

Lançamos a combinação de salmeterol e fluticasona, um broncodilatador de longa duração com um anti-inflamatório, que reforçou a posição da companhia na área de doenças respiratórias.

Criamos a vacina que combina a proteção contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, pólio e Haemophilus influenzae tipo B em apenas uma injeção.

Lançamos o adefovir dipivoxila, tratamento de primeira linha no controle da hepatite B crônica.

Introduzimos a vacina para a prevenção da gastroenterite provocada por rotavírus.

Fechar

Anos 2000

2002

Doamos mais de 100 milhões de comprimidos, como parte de nosso compromisso de combater a filariose linfática.

O Registro de Estudos Clínicos é criado como uma ferramenta que contém dados de ensaios clínicos para acesso livre do público.

 

2009

Tornamo-nos líderes em produtos dermatológicos com a aquisição da Stiefel.

Em parceria com a Pfizer, criamos a ViiVHealthcare, uma empresa focada em tratamentos avançados e cuidados para pacientes com HIV.

Desenvolvemos a vacina contra o vírus H1N1.

A Human Genome Sciences e a GSK recebem aprovação para o Benlysta, primeiro tratamento para lúpus lançado em 50 anos.

 

2012

Fomos o laboratório oficial para exames antidoping dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Londres 2012.

 

2015

Em março, adquirimos o negócio de vacinas da Novartis (excluindo as vacinas contra a gripe) e combinamos nossos negócios de Saúde do Consumidor para criar uma nova empresa.

 

2015 e 2016

Fomos destaque na lista “Change the World” da Fortune Magazine, um ranking das empresas que mais estão fazendo o bem para a sociedade.

 

2018

Pela sexta vez consecutiva, lideramos o Access to Medicine Index (ATMI), ranking do desempenho das principais farmacêuticas em países em desenvolvimento.

Fechar