HIV/AIDS

Eventos de Educação Médica Independente (IME)

Cada vez mais preocupada com a qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV, a comunidade científica discute opções terapêuticas antirretrovirais capazes de conciliar a eficácia, segurança e menor potencial de toxicidade a drogas. Baseado nessa constatação, discussões sobre o uso de dupla terapia antirretroviral, bem como o uso de novas opções terapêuticas mais adequadas a população pediátrica que vive com HIV ganham espaço em diferentes fóruns de debate por todo o mundo, inclusive sendo incluídas nas atualizações das principais guias internacionais de tratamento do HIV.

Muitas são as mudanças nas opções de tratamento antirretroviral de crianças/adolescentes e adultos vivendo com HIV ao longo dos últimos anos. Infelizmente, nem todos os profissionais de saúde envolvidos na assistência e tratamento de pessoas vivendo com HIV/AIDS têm a possibilidade de participar das atualizações promovidas pelos últimos congressos científicos.

A GSK entende e apoia de forma transparente a realização de eventos de educação médica independente (IME) através desse edital, tendo por objetivo:  auxiliar no processo de capacitação e atualização científica de médicos e farmacêuticos envolvidos na assistência das PVHA, e que abordem pelo menos uma das seguintes temáticas contidas abaixo:

1)    Atualizações no PCDT de HIV no Brasil

2)    Terapia dupla antirretroviral

3)    HIV pediátrico

Frente a pandemia de Covid-19, e como estratégia de se evitar aglomerações, é fundamental que a atividade seja realizada no formato virtual.

Critérios para participar da Educação Médica Independente

  1. Ser uma Instituição de Educação médica reconhecida nacionalmente/regionalmente no que se refere ao acompanhamento e tratamento das pessoas vivendo com HIV/AIDS;
  2. Ser reconhecida como proponente de marcada capacidade científica na temática HIV/AIDS;
  3. Possuir ampla experiência que possibilite a vivência do participante, com a discussão de casos clínicos;
  4. O público-alvo do evento de educação médica independente são médicos e farmacêuticos que atuam na assistência às pessoas vivendo com HIV/AIDS;
  5. Assumir responsabilidade por todo gerenciamento, planejamento, divulgação, execução e mensuração dessa iniciativa.

Quanto aos seguintes tópicos, é necessário ciência:

  • Ser uma instituição provedora de educação médica independente elegível, de acordo com os requisitos da GSK.
  •  A GSK reserva-se o direito de aceitar ou rejeitar qualquer ou todos os pedidos recebidos como resultado desta solicitação ou de cancelar, em parte ou integralmente, a qualquer momento sem prévia notificação ou permissão.

Enviar o formulário de aplicação para medinfo@gsk.com em papel timbrado da instituição e assinado pelo Diretor ou responsável pela mesma instituição e que contenha as informações abaixo:

Como aplicar a solicitação de suporte:

1.Solicitação formal de doação para atividade de educação médica independente;

2.Fornecer a agenda proposta de atividades de educação médica continuada;

3.Opção de datas para execução da ação;

4.Assegurar através de documentação exigida e descrita que o valor de apoio a ser solicitado não ultrapasse 25% do total da receita da instituição no ano anterior;

5.Enviar orçamento referente às despesas para realização do evento;

6.O período para submissão das propostas é de: 28/07/20 a 28/09/20;

7.Os documentos deverão ser encaminhados para o e-mail medinfo@gsk.com contando no campo assunto: "Educação Médica Independente HIV 2020", além do nome da instituição solicitante;

8.Entraremos em contato para comunicar o resultado do processo seletivo.

EF: Última atualização - SUPP-2006191 | Julho/2020