Respiratória

Visando estimular o avanço no conhecimento da comunidade médica nos cuidados com a saúde e na melhoria da assistência aos pacientes, a GSK apoia, por meio de doações, a realização de programas de educação médica independente, com conteúdo teórico/prático, na forma de preceptorias, voltadas para o aprimoramento da capacitação médica no diagnóstico e tratamento de doenças respiratórias.

Asma Grave

Preceptoria em Asma Grave

Programa Prático-Educacional Nucala

 

Preceptoria em Asma Grave

Visando estimular o avanço no conhecimento da comunidade médica nos cuidados com a saúde e na melhoria de assistência aos pacientes, a GSK apóia, por meio de doações, a realização de programas de educação médica independente, com conteúdo teórico/prático, na forma de preceptorias, voltadas para o aprimoramento da capacitação médica no diagnóstico e tratamento da Asma Grave.

Critérios para participar da Educação Médica Independente:

  1. Ser uma instituição de ensino reconhecida nacionalmente, com hospital universitário funcionante contendo serviço de pneumologia ou alergia e imunologia, com atendimento ambulatorial especializado em asma grave;

  2. Ser uma instituição apta a prover educação médica;

  3. Ser reconhecida pela produção científica frequente em pneumologia, alergia e asma;

  4. Possuir ampla experiência com estrutura que possibilite a vivência do participante, através de discussões práticas, nos diferentes tipos de terapêutica e procedimentos diagnósticos relacionados à prática clínica da asma grave, seja medicamentoso ou não;

  5. Equipe capacitada para a condução do treinamento em diagnóstico e tratamento da asma grave ou que seja apoiado para a realização da capacitação por Sociedade Médica da especialidade;

  6. Assumir responsabilidade por todo gerenciamento, planejamento e execução da preceptoria;

  7. Os interessados precisam ser capazes de oferecer iniciativas de educação multidisciplinar de alta qualidade;

  8. As iniciativas propostas devem visar a melhoria da saúde dos pacientes e procurar medir objetivamente uma mudança no desempenho dos profissionais de saúde.

Atenção

  • Se a instituição interessada fornecer serviços de marketing e educacionais, essa deverá apresentar evidências que demonstrem que os serviços de educação independente estão livres de interesse comercial. A titulo de exemplo, poderão ser apresentados organogramas que demonstrem a separação das unidades de negócios.

  • A GSK reserva-se o direito de aceitar ou rejeitar qualquer ou todas as propostas submetidas como resultado desta solicitação ou de cancelar, em parte ou integralmente, a qualquer momento, o programa sem prévia notificação ou permissão.

Os interessados deverão enviar o formulário de aplicação para medinfo@gsk.com em papel timbrado da instituição e assinado pelo Chefe de Serviço ou Diretor da mesma, que contenha as informações abaixo:

Como aplicar ao suporte:

  1. Solicitação formal de doação para a preceptoria;

  2. Fornecer a agenda proposta de atividades de educação médica continuada;

  3. Opção de datas para execução da ação;

  4. Informar número esperado de participantes;

  5. Assegurar através de documentação exigida e descrita que o valor de apoio a ser solicitado não ultrapasse 25% do total da receita da instituição;

  6. Enviar orçamento detalhado referente às despesas para realização do evento;

  7. O período para submissão das propostas será de 23/04/18 à 23/06/18;

  8. Os documentos deverão ser encaminhados para o e-mail medinfo@gsk.com, incluindo no campo o assunto "Preceptoria Asma Grave 2018" e o nome da instituição;

  9. As dúvidas acerca da presente iniciativa deverão ser encaminhadas para o mesmo e-mail acima informado, em até 5 (cinco) dias úteis anteriores à data de encerramento para envio das propostas, devendo ser informado no campo assunto “Dúvida-Preceptoria Asma Grave 2018" e o nome da instituição;

  10. O resultado sobre as propostas selecionadas será disponibilizado na segunda semana do mês de julho através do portal www.gsk.com.br;

  11. Os interessados que tiverem sua proposta selecionada receberão o contato da GSK dentro de 7 dias a contar da divulgação do resultado no portal.

 

Programa Prático-Educacional Nucala

2Chamada

Chamada Pública

Comunicamos o encerramento das inscrições para o Programa Prático-Educacional Nucala. Os centros de referência que se inscreveram até o dia 18/10/2018 receberão a resposta via email. Eventuais dúvidas deverão ser encaminhadas em até 5 (cinco) dias após o recebimento da resposta através do email medinfo@gsk.com, informando no campo assunto “Dúvidas Chamada Pública – Nome da Instituição”.

A missão da GSK é ajudar as pessoas a fazer mais, sentir-se melhor e viver mais, sendo o foco no paciente sempre nossa maior prioridade.

Como parte dessa missão, o Programa Prático-Educacional tem como objetivo contribuir com a capacitação dos Centros de Referência para o tratamento da asma grave eosinofílica, minimizando potenciais impactos do eventual desconhecimento relacionado ao medicamento. Através do programa, forneceremos as ferramentas necessárias (treinamentos sobre o produto e técnica de administração, incluindo fornecimento de medicamento) para que os mesmos estejam confiantes e seguros para a indicação correta e adequado acompanhamento dos pacientes elegíveis para o Nucala.

A asma grave, apesar de corresponder a apenas 5 a 10% dos casos, é responsável pela maior parcela dos gastos em asma, com grande impacto na vida destes pacientes e alta utilização dos recursos de saúde, diretos e indiretos.

O tratamento da asma grave, independente do grau de controle,  requer experiência, tempo e opções adicionais de medicamentos, incluindo imunobiológicos. Uma das principais dificuldades para a aplicação destas terapias é a sobreposição das diferentes vias envolvidas na  patogênese da doença, o que pode resultar, entre outras potenciais consequências, em falha terapêutica. Desta forma, torna-se fundamental a identificação correta do paciente elegível para essa terapia.

As opções de imunobiológicos disponíveis atualmente são os anticorpos monoclonais anti-IgE e, mais recentemente, anti-IL-5 (Nucala). Contudo, os médicos ainda têm dificuldade na personalização do tratamento para cada paciente.

Isso se deve, não somente, ao fato de haver casos de sobreposição de indicação em populações de pacientes que poderiam se qualificar para os diferentes biológicos.

Com a terapia anti-IgE, já disponível no mercado há mais tempo, existem estudos clínicos que incluíram centros locais e a experiência clínica na fase pós-comercialização, incluindo estudo de vida real. Para o anti-IL-5 (Nucala), além de ser uma medicação disponível há pouco tempo, não foram realizados estudos clínicos no país que permitissem que os médicos locais tivessem segurança e conhecimento para estratificar seus pacientes com asma grave e otimizar o manejo clínico para o tratamento da asma grave eosinofílica.

Os critérios de indicação para uso dessas drogas são diferentes, sendo importante a realização do screening através da dosagem de biomarcadores, como por exemplo a contagem de eosinófilos no sangue periférico para a indicação do anti-IL-5 (Nucala).

A conscientização  para o adequado screening dos pacientes com asma grave é fundamental para que tenham a oportunidade de serem adequadamente avaliados e estratificados conforme a via biológica de sua doença, permitindo que recebam o melhor tratamento disponível para sua condição.

Desta forma, a GSK torna pública a realização da 2ª chamada à Chamada Pública para seleção de Centros de Referência e/ou Clínicas Especializadas em Asma Grave (“Centros de Referência”), que atendam aos critérios descritos para participação no Programa Prático-Educacional.

I. CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO:

1.1. Poderão participar os Centros de Referência que, obrigatoriamente, comprovem:

1.1.1 Fornecer atendimento ambulatorial regular especializado para pacientes portadores de asma grave;

1.1.2 Possuir Equipe Médica com reconhecida capacitação e habilidades para o atendimento de pacientes com asma grave;

1.1.3 Existir na instituição ou associação que alberga o Centro de Referência um Comitê de Ética;

1.1.4 Seguir os Protocolos Clínicos e recomendações estabelecidas por diretrizes nacionais e internacionais;

1.1.5 Dispor de material para atendimento de reações alérgicas graves e parada-cárdio-respiratória decorrente de exacerbação de asma ou eventos adversos a medicamentos imunobiológicos; e,

1.1.6 Estar vinculado ou tenha convênio com instituições hospitalares que possam internar pacientes com exacerbação grave de asma ou reações adversas a medicamentos imunobiológicos.

1.2. São requisitos desejáveis, não excludentes de participação, que o Centro de Referência:

1.2.1 Esteja formalmente e diretamente vinculado à instituição com características de assistência, pesquisa e ensino, como hospitais universitários, hospitais de ensino (com residência médica, cursos de especialização ou Pós-graduação);

1.2.2 Estar oficialmente vinculado a algum centro de estudos formalmente estabelecido;

1.2.3 Tenha alguma experiência prévia com utilização de imunobiológicos para asma, seja assistencial ou como participante de pesquisa clínica;

1.2.4 Reúna condições para a realização de exames complementares importantes para o diagnóstico e acompanhamento da asma grave, principalmente espirometria;

1.2.5 Tenha uma equipe médica com atividade científica comprovada, por meio de publicação e apresentação de pôsteres em congressos nacionais e internacionais, regulares.

1.3. Será de responsabilidade exclusiva do Centro de Referência a seleção dos pacientes passíveis de tratamento com o Nucala, de acordo com a indicação recomendada em bula. Serão admitidos o número máximo de 2 (dois) pacientes por Centro de Referência para participação no programa.

1.4. O Centro de Referência deverá encaminhar juntamente com os documentos comprobatórios relacionados nos itens 1.1 e 1.2 deste instrumento, o relatório médico com condições clínicas basais de cada paciente por este selecionado e que justifique a indicação da medicação e o ingresso do paciente no programa.

1.5. O relatório médico com condições clínicas basais do paciente deverá, obrigatoriamente, ser emitido em papel timbrado do Centro de Referência, e ser assinado pelo médico responsável pelo paciente selecionado, não devendo conter informações pessoais de qualquer natureza que possa indentificar o paciente, tais como: nome, estado civil, sexo, idade ou data de nascimento, endereço, detalhes de contato, entre outros.

1.6. A Equipe Médica especializada da GSK irá avaliar os relatórios médicos encaminhados pelo Centro de Referência, a fim de assegurar a correta indicação do paciente selecionado para tratamento com o medicamento Nucala. Para fins de identificação e individualização de cada um dos pacientes selecionados pelo Centro, cada paciente receberá da GSK um código de identificação e conexão com o Centro de Referência (ex.: ABSP01, ABSP02, etc).

1.7. A GSK fornecerá através deste programa as ferramentas necessárias (treinamentos sobre o produto e técnica de administração) para o Centro de Referência que manifeste formalmente o seu interesse, mediante requisição por meio do email de inscrição informado no item II – Inscrições deste instrumento.

1.8. Não será permitido a duplicidade do médico e/ou paciente integrante de mais de um Centro de Referência para fins de participação no programa.

1.9. Serão selecionados pela GSK os Centros de Referência que comprovem preencherem todos os requisitos obrigatórios previstos no item 1.1 deste instrumento.

1.10. Todos os Centros de Referência deverão declarar e garantir que:

a) os profissionais da saúde (HCPs) que serão beneficiados com este programa não fazem parte de comitês decisórios de incorporações de medicamentos para quaisquer esfera governamental;

b) não possuem qualquer interesse que, direta ou indiretamente, entre em conflito com o adequado e ético propósito do programa; e,

c) informará a GSK por escrito, o mais cedo possível, sobre qualquer conflito de interesse que surja durante a participação e qual sua proposta para resolução do conflito.

II. INSCRIÇÕES

2.1. As inscrições para a 2ª chamada à Chamada Pública do programa estarão abertas de 03/10/2018 até 18/10/2018, oportunidade em que os interessados deverão encaminhar toda a documentação que evidencie os critérios estabelecidos no item 1.1 a 1.10 deste instrumento.

2.2. A documentação deverá ser encaminhada através do email medinfo@gsk.com, incluindo no campo o assunto o “Chamada Pública – Programa Prático Educacional” e o “nome da instituição

2.3. Eventuais dúvidas deverão ser encaminhadas em até 5 (cinco) dias anteriores à data de encerramento da seleção, através do email medinfo@gsk.com, informando no campo assunto “Dúvidas Chamada Pública – Nome da Institução”. As respostas serão divulgadas no portal da GSK, no endereço eletrônico www.gsk.com.br.

2.4. É parte integrante do presente instrumento a minuta dos Termos e Condições Gerais do Programa – Anexo I, a qual o Centro de Referência ao participar do programa declara conhecer, aceitar e estar apto a cumpri-los.

III. DISPOSIÇÕES GERAIS:

3.1. A GSK se reserva o direito de aceitar ou rejeitar qualquer ou todas as solicitações recebidas que não atendam aos critérios de participação estabelecidos no item I, bem como cancelar no todo ou em parte este programa, a qualquer momento, mediante notificação prévia de 15 (quinze) dias ao Centros de Referência participantes.

3.2. Todas as solicitações e/ou comunicações sobre esta 2a chamada à Chamada Pública deverão ser encaminhadas exclusivamente pelo Centro de Referência diretamente à GSK através do email medinfo@gsk.com, não sendo aceita qualquer outra forma.

3.3. As respostas e/ou comunicações da GSK serão disponibilizadas exclusivamente através do portal www.gsk.com.br, no prazo de 15 dias após o encerramento do prazo para inscriões.

3.4. A participação do Centro de Referência nesta Chamada Pública implica no conhecimento integral dos termos e condições aqui estabelecidas, incluindo seus anexos, e demais normas legais aplicáveis à matéria.

Anexo 

Termos e condições gerais Programa Prático-educacional Nucala

Voltar ao Início

 

BR/AST/0016/18 – Abril/2018

BR/NLA/0046/18(2) – Outubro/2018