Na Semana Mundial do Meio Ambiente, GSK lança seu primeiro Relatório de Sustentabilidade

Inspirado na metodologia GRI e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a publicação traz as melhores práticas da farmacêutica nas dimensões econômica, social e ambiental, em 2019.


A GSK, empresa global de saúde impulsionada por ciência e inovação, lança seu primeiro Relatório de Sustentabilidade no Brasil. Com 112 anos de atuação no país, a multinacional farmacêutica se inspirou na metodologia GRI - Global Reporting Initiative - e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para dar transparência as suas melhores práticas, políticas e metas nas dimensões econômica, social e ambiental aos seus stakeholders e à sociedade em geral.

A publicação é mais uma iniciativa no alcance de uma das grandes metas da GSK: ser uma das empresas de saúde mais inovadoras, confiáveis e com o melhor desempenho do mundo, e chega à sociedade justamente na Semana Mundial do Meio Ambiente, apresentando as ações que a GSK no Brasil tem realizado para se tornar uma companhia Carbono Zero até 2030. 

Os dados divulgados no Relatório de Sustentabilidade são referentes ao período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2019 e consideram as divisões de negócio da companhia: Farmacêutica (que engloba as áreas de medicamentos de prescrição médica, HIV e Vacinas) e Consumer Healthcare (medicamentos isentos de prescrição médica).

Em doze capítulos, a GSK relata como se tornou uma marca presente na vida dos brasileiros. E o ano de 2019 foi muito marcante neste sentido. A empresa completou 50 anos de inovação na área Respiratória e conquistou a aprovação regulatória de um novo medicamento para o tratamento da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), mais conhecida como enfisema pulmonar. A Campanha de Imunização contra Gripe, da qual é uma das fornecedoras da vacina ao Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, apresentou recorde de adesão e, pela primeira vez, a empresa alcançou a marca de 300 mil pacientes com HIV em tratamento pelo SUS com seus medicamentos.

Como parte de seu compromisso estratégico de crescimento no Brasil, a companhia inaugurou ainda, o Centro de Distribuição, no município de Duque de Caxias (RJ), um dos mais modernos da GSK no mundo. Na gestão ambiental, o envio de resíduos industriais para aterros sanitários foi zerado, um ano antes do previsto, e a inauguração de sua Estação de Efluentes (ETE), em junho de 2019, reduziu em 13% o consumo de água nova captada. Por fim, a multinacional anunciou a conclusão de uma nova joint venture entre a GSK Consumer Healthcare e a Pfizer Consumer Healthcare, criando a maior empresa global de Consumer Healthcare.

Para José Carlos Felner, presidente da divisão Farmacêutica da GSK no Brasil, o lançamento do primeiro Relatório de Sustentabilidade da empresa no Brasil é um grande marco. “Nossa história é marcada pela transparência, ética e responsabilidade na busca de conhecimento e superação de desafios no ecossistema de Saúde, e contá-la pela primeira vez no viés da Sustentabilidade, nos dá muita segurança de que, embora esta seja nossa primeira publicação, estamos muito alinhados com a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável  da ONU, e seguiremos avançando para um mundo cada vez melhor”.

Para ler a versão completa do Relatório de Sustentabilidade 2019 da GSK, acesse:

https://issuu.com/gskbr/docs/gsk_relatorio_de_sustentabilidade

Sobre a GSK

A GSK é uma empresa global de saúde com foco em ciência e com um propósito especial de ajudar as pessoas a fazer mais, sentir-se melhor e viver mais. Temos três negócios globais que pesquisam, desenvolvem e fabricam medicamentos inovadores, vacinas e produtos de saúde. Nosso objetivo é ser uma das empresas de saúde mais inovadoras, confiáveis e com o melhor desempenho do mundo.